Cleber Ribas é o novo CEO da Blockbit

Blockbit, empresa global de produtos de cibersegurança, anuncia Cleber Ribas como novo Chief Executive Officer (CEO) da companhia. Desde 2016 na companhia, o executivo assume a posição com a meta de elevar ainda mais a presença da organização junto ao mercado privado, além de reforçar cada vez mais a presença da companhia no cenário internacional.

‘Estou muito feliz e animado com mais esse passo dentro da Blockbit, uma empresa na qual tenho orgulho de fazer parte desde os primeiros momentos e que vem crescendo de forma muito sólida’, diz Ribas. ‘A meta é fortalecer nossas estratégias de go-to-market e alianças, identificando as melhores oportunidades para a expansão de nossa companhia no Brasil e no mundo’.

Especializado em Segurança da Informação e formado em administração, o novo CEO possui sólida experiência em vendas e gestão de negócios. Há cinco anos é o responsável pela operação comercial e de alianças da Blockbit. Antes de integrar a companhia, o executivo somou passagens por empresas como Terra Networks, Brasil Telecom e Aker Security. Destaque, ainda, para a trajetória de liderança e gestão de equipes, tendo atuado diretamente em projetos no Brasil e em diversos países da América Latina.

Segundo Ribas, sua experiência e proximidade com o ecossistema de parceiros e clientes da Blockbit será especialmente importante para apoiar o trabalho de expansão e inovação dos serviços oferecidos pela companhia a seus clientes. ‘A cibersegurança é um tema central na estratégia das organizações, e é nosso objetivo oferecer soluções que nossos clientes possam verdadeiramente confiar, com a máxima proteção possível’, afirma.

O executivo acrescenta que, para isso, a empresa deverá ampliar seus esforços em busca de parcerias e modelos de negócios que ampliem a presença da Blockbit no cenário global. ‘Estamos mapeando continuamente o mercado para identificar as necessidades locais e os melhores caminhos que poderão nos ajudar a consolidar a expansão de nossa cobertura e o atendimento aos clientes’, diz.

Sugestões de leitura