Como O Governo Pode Oferecer Segurança Da Informação?

Segundo o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, em 2021, o governo registrou quase cinco mil incidentes cibernéticos. Nesse sentido, saber como garantir a segurança da informação, seja em nível municipal, estadual ou federal, é imprescindível. 

Veja, neste artigo, como é possível oferecer proteção aos dados da máquina pública!

Veja como o governo pode oferecer segurança da informação

Com a expansão dos serviços governamentais para novas plataformas, dados estratégicos ficam mais vulneráveis a ataques cibernéticos. Dessa maneira, o governo precisa estar atento a formas de oferecer mais proteção para as informações com as quais trabalha.

A boa notícia é que fazer isso é mais fácil do que se imagina. Basta contar com uma empresa especializada em serviços como esse, como a Blockbit, que é líder brasileira na fabricação de soluções de cibersegurança.

A organização oferece um gerenciamento unificado de ameaças abrangentes, que aumenta a segurança na nuvem e o desempenho da rede. Veja, a seguir, como a Blockbit ajuda o governo a oferecer mais segurança da informação. 

Protegendo informações sensíveis

Para resguardar os dados executivos estratégicos e pessoais dos cidadãos, a marca entrega controles de cibersegurança inovadores, que podem ser facilmente instalados nos sistemas do setor público.

As soluções da Blockbit são aceitas por diversos editais de compras públicas, certificando que a tecnologia da marca é aprovada por especialistas do Governo Brasileiro.

Com elas, os dados sensíveis estarão protegidos por diversas camadas de segurança, que podem ser customizadas. Assim, garantindo a defesa de informações confidenciais em contas de e-mail, sites e dispositivos de uso pessoal. E o melhor é que tudo pode ser monitorado em uma plataforma que faz registro de logs e acessos.

Muito interessante, não é mesmo?

Garantindo a contenção de ameaças

Mesmo que as instituições governamentais utilizem ferramentas tradicionais para se protegerem contra malwares e outras ferramentas de controle acesso, ainda é necessário que elas tenham à sua disposição programas que sejam constantemente atualizados que acompanham a evolução dos crimes cibernéticos. 

Por esse motivo, a Blockbit oferece: 

  • soluções contra ataques de negação de serviço (DDoS).;
  • criptografia para inspeção, transporte e armazenamento de dados;
  • detecção de tentativas de invasão;
  • identificação de padrões maliciosos;
  • entre outros serviços. 

Agora que você já sabe como o governo pode oferecer mais segurança da informação com ajuda da nossa empresa, que tal verificar como garantir uma de nossas ferramentas? Fale agora com um especialista da Blockbit!

Sugestões de leitura