Firewall: a primeira barreira de segurança

Uma abordagem completa de segurança digital envolve o uso de diversas soluções que afastem invasores e técnicas de invasão dos dispositivos e das redes às quais estão conectados.

E o firewall é a ferramenta básica para assegurar que potenciais ameaças cibernéticas não alcancem seu objetivo.

A função do firewall é monitorar o tráfego de dados em uma rede de computadores, permitindo ou recusando o trânsito de dados de acordo com regras definidas em uma política de segurança. Ou seja, é a barreira entre dispositivos e redes internas (por exemplo, redes corporativas) as ameaças transportadas em redes externas (como a Internet).

A segurança por meio do firewall pode identificar: quais usuários estão utilizando o tráfego; quais aplicações e quanto de banda são utilizados; tipos de arquivos utilizados e transmitidos pela rede etc.

Qual a importância do firewall na abordagem de segurança? A análise de tráfego oferece uma visão de segurança, mas também gerencial, podendo ser uma ferramenta para direcionar a produtividade. Por exemplo, sendo possível identificar se seus funcionários transmitem informações ou arquivos confidenciais, ou usam muito tempo em um aplicativo online que não tem relação com seu trabalho, é possível controlar esse acesso.

Por outro lado, podendo identificar com exatidão a atividade de cada pessoa dentro da rede, a empresa pode estabelecer uma política de segurança que atenda às suas necessidades ao mesmo tempo em que alinha o uso de sua rede ao Marco Civil da Internet.

Embora seja frequente ponto de confusão, firewall e UTM não são sinônimos. O UTM (Gestão integrada de Ameaças) é um produto que unifica diversos recursos e funcionalidades de segurança. O firewall pode ser uma dessas ofertas.

Com inteligência capaz de unificar tecnologias de Next Generation Firewall, ou seja, a tecnologia de firewall com inspeção profunda de pacotes e visibilidade de aplicações o Blockbit UTM permite adicionar controles mais específicos e gerenciamento aprimorado. Esses controles contêm permissões de acesso a serviços e portas, que por padrão são configurados para proibir todos os parâmetros de segurança e conexões, integrado com as políticas de segurança, Intercepção SSL, filtros de pacotes e NAT.

Além disso, o Blockbit UTM adiciona tecnologias de IPS, VPN, Filtro Web Avançado, Proteção Avançada Contra Ameaças e mais para uma proteção completa.

Veja também: preparamos um whitepaper especial e reunimos nele tudo o que você precisa saber sobre SD-WAN. Clique aqui e baixe agora mesmo.

Sugestões de leitura