Segundo pesquisa divulgada pela empresa holandesa Surfshark, o Brasil foi o 5º país do mundo mais atingido por ataques cibernéticos em 2021. O que demonstra a importância de investir em segurança das informações. Isso porque essa é uma área estratégica para o sucesso de uma organização. 

Saiba mais sobre o assunto neste artigo. Boa leitura! 

O que é segurança das informações?

A segurança das informações consiste em um conjunto de processos, ferramentas e métodos para garantir a proteção contra ataques cibernéticos vindos de ameaças acidentais ou intencionais. Ou seja, é uma forma de assegurar a defesa dos dados, seja dos clientes, funcionários ou sócios, algo de grande valor para uma empresa. 

Leia também: Fui vítima de um ataque cibernético…e agora?

3 motivos para investir em segurança das informações

A segurança das informações é um fator muito importante para as empresas, especialmente as que lidam diariamente com dados e dependem deles. 

Apesar disso, poucas organizações se preocupam em investir em prevenção. Dessa forma, confira três razões para isso: 

1. Prevenção de prejuízos financeiros

O custo de uma falha de segurança é bastante elevado e investir em prevenção é uma estratégia para garantir a saúde financeira da instituição.

Outro fator relacionado a esse quesito é a imagem da marca, afinal, uma empresa vulnerável e que enfrenta ataques recorrentes, normalmente tem o seu valor reduzido no mercado. Além de afastar clientes, acionistas e investidores. 

2. Aumento da competitividade 

Investir em uma estratégia de segurança sólida torna o empreendimento mais competitivo, pois blinda as operações e garante dados sempre íntegros para tomada de decisões acertadas. 

Outro ponto é a elevação da inteligência do negócio, já que as informações armazenadas também servem para que o time de vendas e marketing tracem estratégias melhor orientadas. 

3. Redução das vulnerabilidades 

Fortalecer a segurança dos dados torna a empresa mais preparada para lidar com ameaças internas e externas. 

Com isso, é gerada uma cultura de autopreservação em que essa questão é tratada de maneira preventiva, além de possibilitar a criação de planos de contingência para uma rápida recuperação caso a empresa seja vítima de um ataque cibernético

Conseguiu entender o porquê de se preocupar com a segurança dos dados da sua empresa? O que pouca gente sabe é que dá para garantir a preservação das informações com menos burocracia, atendimento e suporte no idioma e fuso-horário nativo utilizando soluções nacionais de cibersegurança. Saiba mais sobre o tema!